Como colocar linha corretamente em seu molinete

Um carretel devidamente bobinado para a pratica do long casting na modalidade de pesca de praia, pode fazer toda a diferença, na hora de buscarmos os peixes grandes nos canais mais profundos. Todos já sabemos que quanto mais longe conseguirmos enviar nossas chumbadas, maior será a nossa chance de capturar um belo exemplar. No litoral do Rio de Janeiro a corvina é o peixe alvo dos pescadores de long casting na modalidade de praia. Alem das grandes corvinas que se alimentam nos canais mais profundos, acima dos 150m de distancia, é lá que encontraremos também espécies como os bagrões, arraias, cações viola, voadores e betaras com tamanhos excelentes para uma boa briga. Para conseguirmos chegar nos canais mais profundos, temos que obter varas entre 3,90m a 4,50m, sendo o padrão mais usado é 4,20m, molinetes do estilo long casting com os carretéis altos e largos são os mais indicados. Procure investir na boa qualidade dos equipamentos dentro das configurações do long casting de praia para que você não venha se frustrar com futuras dores de cabeça. Procure varas que trabalhem com chumbos a partir de 125gr e que sejam extremamente leve para não atrapalharem no quesito velocidade de explosão do arremesso. Um item super importante é a linha que vamos utilizar como linha mestra,( linha principal que vamos pescar), devemos procurar fazer uso de linhas finas e que tenham boa resistência, podemos escolher linhas entre 0,15mm e 0,22mm. Devemos adquir pelo menos 300m de linha sem emendas de nó, compre 3 rolos de 100m direto sem emenda, ou compre rolos de 300m que algumas marcas já nos oferecem. Para quem está iniciando e já possui um material adequado para a pratica do long casting na modalidade praia, um dos primeiros aprendizados é fazer corretamente o bobinamento do carretel, para isso vamos explicar passo a passo como fazer essa operação chamada de cama ou enchimento dos carretéis.

1º passo
Compre um rolo de pelo menos 300m de linha 0,35mm de qualquer marca sem se importar com a qualidade, pode ser aquela linha velha que você iria descartar no lixo.

2º passo
Coloque o molinete preso na vara, monte a vara apenas até a parte onde fica o primeiro passador de baixo para cima, faça corretamente o nó de forca (nó indicado no vídeo da tv rio pesca – riopesca.com/tv – pesca de praia 2° ep), passe a linha por dentro do passador da vara e coloque a laçada sobre o carretel vazio / (carretel – A, carretel do molinete), puxe a linha até que a laçada trave no (carretel- A), coloque-o (carretel-B / carretel da embalagem da linha) preso a um transferidor de linha, ou peça á outra pessoa para segurar o carretel de linha, (carretel-B) com a ajuda de uma caneta que será passada ao meio do carretel-(B) na posição em que a linha saia do carretel-(B) sendo retirado de frente para a vara, faça uma leve pressão na linha com a mão que esta segurando a vara para que a mesma entre no carretel do molinete, carretel-(A) sempre esticada, isso evitará possíveis cabeleiras no ato dos arremessos.
obs: carretel (A) = carretel do molinete / carretel (B) = carretel da embalagem da linha

3º passo
Bobine 2 terços do carretel, ou pelo menos a metade do carretel do molinete com a linha 0,35mm, depois faça o nó de união de linhas uma na outra e bobine a linha mestra sobre o enchimento de linha 0,35mm, caso você utilize linhas de milímetros abaixo de 0,18mm como linha mestra e fique difícil para fazer o nó de união com a linha do enchimento 0,35mm, basta dobrar a linha mestra ao meio e fazer o nó, caso não de certo você terá que colocar uma linha de milimetro intermediaria entre a linha mestra e a do enchimento. Para conseguir fazer isso de forma correta e segura, coloque um pedaço de 2m de uma linha 0,20mm, como linha de passagem e assim faça um nó de união de linha em cada ponta da 0,20mm, uma para a linha do enchimento 0,35mm, e outra para a linha mestra por ex. 0,14mm, a partir dai basta bobinar a linha mestra sobre a linha do enchimento até que a linha mestra fique paralela a borda superior do carretel do molinete.

Caso a linha mestra ultrapasse o nível da borda do carretel do molinete, os primeiros metros de linha de saída, pode sair com muita velocidade e puxar a linha que está bobinada por baixo e assim ocasionando fatalmente numa cabeleira e como consequência enroscará no primeiro passador de baixo pra cima e com isso a linha virá a estourar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *