Pesca de Praia

Os melhores anzóis para as pescarias de praia

Os melhores anzóis para as pescarias de praia

Pesca de Praia
O anzol muitas vezes vai determinar se uma pescaria vai ser boa ou ruim. Lembre-se sempre do velho ditado: peixe morre pela boca. Por isso não adianta investir alto em materiais de alta qualidade e sofisticação, e deixar a desejar na qualidade e escolha correta dos anzóis. O anzol é o mecanismo mais importante da pescaria, mesmo quando todo o resto do material está errado, mas o anzol está correto, o pescador pode ter sucesso,  assim como o pescador pode estar utilizando um conjunto de material de última geração e não ter sucesso por estar deixando a desejar no quesito anzol. Anzóis de morte longa: Anzóis de ângulo aberto, que podem ficar mais tempo dentro d’água que o peixe não se solta. Anzol para pescarias onde o peixe está escasso. Anzóis de morte Curta: - Anzóis de ângulo fechado,
Estilos de arremessos de praia

Estilos de arremessos de praia

Pesca de Praia
Arremessos são fundamentais para alcançar êxito nas pescarias Arremesso Frontal, popularmente conhecido como Machadada: Arremesso simples que não dispõe de muita técnica. Os caniços são de ação média, e os de ação semi-parabólica são os mais adequados para este estilo de arremesso. O pescador deve colocar um chicote pequeno para evitar acidentes como fisgar o anzol na cabeça ou em outras partes do corpo. Esse procedimento também é importante para fazer a ponta do caniço trabalhar melhor. Nesse estilo de arremesso não é necessário o pescador sair correndo pela areia: basta o pescador ter um pouco de técnica de postura corporal (base) de arremesso e depois basta puxar o caniço por cima da cabeça com bastante força. É um arremesso onde o pescador consegue obter muita precisão de ân
Como colocar linha corretamente em seu molinete

Como colocar linha corretamente em seu molinete

Pesca de Praia
Um carretel devidamente bobinado para a pratica do long casting na modalidade de pesca de praia, pode fazer toda a diferença, na hora de buscarmos os peixes grandes nos canais mais profundos. Todos já sabemos que quanto mais longe conseguirmos enviar nossas chumbadas, maior será a nossa chance de capturar um belo exemplar. No litoral do Rio de Janeiro a corvina é o peixe alvo dos pescadores de long casting na modalidade de praia. Alem das grandes corvinas que se alimentam nos canais mais profundos, acima dos 150m de distancia, é lá que encontraremos também espécies como os bagrões, arraias, cações viola, voadores e betaras com tamanhos excelentes para uma boa briga. Para conseguirmos chegar nos canais mais profundos, temos que obter varas entre 3,90m a 4,50m, sendo o padrão mais usado
Limpando o molinete

Limpando o molinete

Pesca de Praia
O molinete, independente do gênero, é um sistema mecânico com grande evolução, em particular nos últimos anos, tornando-se cada vez mais complexo e preciso. Possuindo alavancas, diversas rodas dentadas, roletes, e um número maior de rolamentos, com o qual, essas peças em movimento tem desgaste inevitável e apenas com a lubrificação periódica dos componentes pode se minimizar os desgastes. Nos molinetes de água salgada, a situação torna-se mais delicada devido a areia e o sal, fatores que aceleram do desgaste dos componentes Submeter todo o molinete a um mergulho ou a água corrente, não é um procedimento recomendável nos dias de hoje, pois estes equipamentos são mais delicados As articulações do guia linha é um ponto a não esquecer de lubrificar com óleo fino Não se esqueça
O USO DE CARRETILHA NA PESCA DE FUNDO

O USO DE CARRETILHA NA PESCA DE FUNDO

Pesca de Praia
Já é uma realidade. Alguns pescadores, principalmente competidores, pescarem com carretilha na beirada e na meia água. Mas, pescar no fundo, a longa distância, a realidade é outra. Equipamentos diferenciados, arremessos, chicotes dentre outros fatores são os diferenciais que são encontrados e é sobre isso que iremos falar aqui. Muitos pescadores vêem a pesca com carretilha um bicho de sete cabeças e não querem arriscar, mas outros vêem como algo espetacular, e é ai que mora o problema. Vai pra loja e compra o equipamento, muitas das vezes até exagera e compra um bem caro. Na hora de pescar é linha que estoura, chumbo sai voando sem rumo e em alguns casos até acidentes. Não se dirige um carro sem saber dirigir!!! EQUIPAMENTOS: Os equipamentos utilizados para pescar são caniços
EQUIPAMENTOS MAIS ADEQUADOS PARA CADA ESTILO DE PESQUEIRO

EQUIPAMENTOS MAIS ADEQUADOS PARA CADA ESTILO DE PESQUEIRO

Pesca de Praia
Para que o pescador se torne “técnico” ele tem que observar as estruturas diferenciadas de cada pesqueiro, os tamanhos dos peixes, a profundidade que habitam, a distancia estimada que costumam ser capturados, e o grau de dificuldade de acesso que o pescador tem para arremessar ou para recolher, quando o pescador começa a perceber essas diferenças e com essa percepção ele começa a adequar um material que atenda a cada um destes itens citados a cima. Ele começa a ter sucesso nas pescarias, e começará a notar uma enorme diferença entre saber pescar com técnicas realmente funcionais, e pescar de forma empírica, e só ai ele perceberá que para cada pescaria existe um tipo de equipamento adequado. CANIÇO DE AÇÃO LENTA: Caniço que começa a fletar desde o meio do blank (corpo do caniço) até
Conheça as estruturas encontradas em diversas modalidades de pesca oferecida pelo nosso Rio

Conheça as estruturas encontradas em diversas modalidades de pesca oferecida pelo nosso Rio

Pesca de Praia
PRAIA DE MAR ABERTO Estrutura de pesqueiro mais comum em litorais. São praias típicas de surfistas, com ondas e marolas. Podemos citar alguns exemplos como Praia de Copacabana, Ipanema, Barra da Tijuca e Itaipuaçú. Neste estilo de pesqueiros encontramos forte corrente de água, os peixes tem tendências de se alimentar caçando minhocas de areia, corruptos e tatuís, sempre em constante movimento. Por isso , para conseguirmos capturá-los temos que procurar poitar (ancorar) o chumbo dentro d água, para que o peixe possa encontrar á isca ao passar por ela. CONJUNTOS DE MATERIAIS: VARA – ENTRE 3,90m E 4,50m TOTALMENTE RÍGIDA COM LEVE FLEXIBILIDADE NA PONTA MOLINETE – GRANDE E COM O CARRETEL CÔNICO LINHA – 0,18m.m A 0,25m.m ANZÓIS – MARUSEIGO Nº 12 EMPATADO COM LINHA 0,40mm, E N° 1
Conheça alguns dos principais pesqueiros encontrados no Rio

Conheça alguns dos principais pesqueiros encontrados no Rio

Onde Pescar, Pesca de Praia
Como podemos reparar o Rio de Janeiro possui uma das melhores opções para a pesca em todo o vasto litoral Brasileiro. Seja em qualquer tipo de modalidade de pesca, o esportista encontra, em um raio de até 150 km, quaisquer modalidades de pesca ou espécie de peixes que desejar e com fartura. Mar, rios, represas ou canais, praias, costões, ilhas, barcos, traineiras ou pesca de oceano, robalos-flecha, tucunarés, dourados (tanto o de água salgada como o de doce), pirapitingas, trutas, pampos e mais uma incontável variedade para encher os olhos dos fãs do esporte. Onde, como e o que cariocas ou visitantes quiserem pescar, o Rio de Janeiro tem. Como exemplo disso é a quantidade de turistas de pesca cada vez mas visitando a nossa cidade em busca de fortes emoções. É importante porém, salient
A pesca no Rio de Janeiro

A pesca no Rio de Janeiro

Pesca de Praia
Como podemos reparar, nos dias de hoje, tudo que nos cerca sofreram mudanças tecnológicas. O avanço da ciência nos últimos anos assustou-nos a cada nova descoberta, a cada nova invenção. No mundo dos esportes a tecnologia provou que o homem é uma “MÁQUINA” quando utilizando os equipamentos e técnicas adequadas para cada estilo de esporte ou competição. Na pesca não foi diferente. Ao contrário do que muitos pensam, a pescaria hoje não se resume mais a uma varinha de bambu, um pedaço de linha amarrada na ponta e uma minhoca no anzol para atrair os peixes e a partir dai contar com a sorte. Para a desilusão de muitos que pensam desta forma, e ficão sempre culpando a sorte para a maioria das vezes que vão pescar, o mundo da pesca esportiva hoje se especializou muito, as indústrias do ramo