A Coringa dos jumping jig

Sapinho uma das melhores iscas artificiais do mercado

 

A tão consagrado sapinho , isca que tem um formato que de nada parece com um sapo , alguns chamam de lulinha , mas isso não vem ao caso.
Hoje em dia, existem inúmeros fabricantes com cores que vão do branco a cores muito inusitadas como o roxo com preto; normalmente a gente pensa “Isca preta? Como seria possÍvel?”. Ao longo dos tempos , os adeptos da pesca com jumping jig, foram modificando cores e brilhos para chegar ao mais próximo de pequenos peixes, crustáceos e moluscos.

 

Ela se tornou uma isca que não pode faltar na caixa de pesca , pois apresenta inúmeras técnicas para a pesca.

Pescando com jumping jig Sapinho
Utilizando as de 15 gramas, podemos pescar os peixes junto às cracas (com um suport), como já é feito com as famosas iscas pindoca; com as de 30 gramas, usamos nas lajes submersas, lugares não muito fundo ( com dois suport hook ); e as de 55 gramas em diante, para lugares mais fundos ou quando há correnteza por influência de dias de grandes marés, como dias de lua cheia e nova.

Se formos falar aqui que essa isca foi feito para o pampo especialmente, estaríamos mentindo, pois, a cada dia que passa, uma nova isca aparece no mercado e, se tratando de pesca em água salgada, especialmente com jumping jig, nunca se sabe o que vai trancar na ponta de sua linha; claro que muitas iscas nasceram com o intuito de atrair um certo peixe, mas isso nem sempre acontece, portanto, a isca sapinho é sim uma isca versátil.

São inúmeros peixes que podem ser pegos no sapinho; Vão de simples cocorocas, bagres, corvinas, pampos, robalos, badejos e até peixes de passagem como olho de boi, olhete e anchova.

TÉCNICAS DA PESCA COM SAPINHO
Existem muitas técnicas para o uso do sapinho , vou focar na mais utilizada e que da melhores resultados , e uma coisa que tenho visto junto aos pescadores iniciantes na pesca com sapinho é a forma certa de prender os suportes

Se você estiver pescando junto as ilhas no qual a isca é arremessada junto as cracas , deixamos a isca vir descendo junto com as ondas que se formam assim a isca vem quase que varrendo as cracas , muitas vezes prendendo , para que isso não aconteça nunca deixe que a isca fica muito parada de vês em quanto de uns toques e recolha a linha conforme for afrouxando , e cuidado como muitas vezes acontece com a pesca se for pescar de arremesso qualquer beliscada por mais simples que seja , pode ser que você tenha um peixe bom de olho em sua isca

Se você estiver pescando próximo a lajes ou cascalhos a pesca é feito da seguinte forma , deixamos a isca bater no fundo , e damos toques seguidos , ou damos toques longos seguidos de uma parada a cada toque de ponta de vara

DICAS DE MONTAGEM

Existem muitas técnicas para o uso do sapinho , vou focar na mais utilizada e que da melhores resultados , e uma coisa que tenho visto junto aos pescadores iniciantes na pesca com sapinho é a forma certa de prender os suportes. A maneira certa de prender os suporte e a linha , assim a isca trabalha da forma certa podendo chegar mais rápido ao fundo

O pulo do Gato
Aqui vai o pulo do gato , não esqueça de colocar uma missanga glow em cada anzol do suport pois o peixe pensa que a isca está desovando e ataca .

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *